CANCUN - Sistema de Consulta de Antecedentes Criminais Unificada

De Manuais de Sistemas
Ir para: navegação, pesquisa

Visão Geral

Sobre o Sistema

O CANCUN – Sistema de Consulta de Antecedentes Criminais Unificada desenvolvido para permitir a pesquisa de forma unificada, otimizada e padronizada de todos os feitos de natureza criminal e de ato infracional pertinentes a uma determinada parte, oriundos dos sistemas SPROC, SAJPG, SAJSG e PJe (1G e 2G),para fins de instrução processual.

A pesquisa de antecedentes criminais e a pesquisa de antecedentes infracionais são realizadas em separado, podendo ser refinadas com a inclusão de filtros para tornar o resultado mais rápido e específico, quando necessário.

Nos resultados das pesquisas poderão ser disponibilizados dados complementares, de forma dinâmica por meio de colunas configuráveis, a fim de facilitar a identificação e seleção da parte que deve constar no relatório da pesquisa de antecedentes criminais e/ou da pesquisa de antecedentes infracionais.

A data/hora da última atualização de cada sistema na base de dados unificada (SCPU) é apresentada na página inicial e inserida no rodapé dos relatórios.

Acesso ao Sistema

  1. Acesse a Intranet do Poder Judiciário utilizando o navegador Google Chrome ou Mozilla Firefox;
  2. Na parte inferior do site, localize a seção "Sistemas";
  3. Selecione o CANCUN (caso não esteja visível, digite o nome do sistema na barra de busca);
  4. Clique no botão "Acessar Sistema", ilustrado na imagem 2.


Imagem 1
Imagem 2


Na tela de login do sistema, insira seu nome de usuário e sua senha de rede e clique no botão "Entrar".


Imagem 3
Os campos Usuário e Senha são de preenchimento obrigatório
O usuário precisa ter permissão para acessar o sistema. Para Mais informações sobre como ter acesso ao sistema, acesse a página do CANCUN na intranet e confira o link localizado no fim da página, como mostra a imagem 4.
Imagem 4

Sair do Sistema

O botão de logout do sistema se encontra no canto superior direito, como mostra a imagem 5:

Imagem 5
Voltar ao topo

Consulta

O sistema permite realizar, de forma separada, pesquisas de feitos de natureza criminal e pesquisas de atos infracionais que tramitam em desfavor de determinada parte nos sistemas contemplados. As pesquisas realizadas pelo nome da parte são livres e fonéticas, podendo ser utilizados filtros combinados entre si para tornar o resultado mais rápido e específico.

As seções de consulta de antecedentes criminais e infracionais possuem seções muito parecidas. Para evitar confusão na navegação, as seções de antecedentes criminais possuem fundo alaranjado e as seções de antecedentes infracionais possuem fundo branco.

Pesquisa de Antecedentes Criminais

Para acessar essa funcionalidade, selecione a opção "Antecedentes Criminais" no menu "Consulta".

Pesquisar Antecedentes

1 - Digite o nome da parte que deseja pesquisar.

2 - Clique no botão "Pesquisar".


Imagem 6


A pesquisa da parte pode ser realizada de duas formas:

  • Contém: a pesquisa será realizada considerando quaisquer dos nomes da parte digitado. Este é o filtro padrão;
  • É igual à: a pesquisa será realizada considerando o nome exato da parte digitado.
O nome da parte é de preenchimento obrigatório.
A pesquisa pelo nome da parte é livre e fonética.
A fonética aplica-se também ao nome da mãe e ao nome do pai, no caso da utilização desses filtros.

3 - Depois de realizada a pesquisa, selecione, entre os resultados, as partes que devem ser incluídas no relatório da pesquisa. Para selecionar todas as partes exibidas, clique no check box do topo da lista, como destacado na imagem 7.

4 - Clique no botão "Visualizar" para ver os detalhes do resultado (parâmetros de pesquisa utilizados, informações de qualificação da parte, do processo, de mandados de prisão e de sentença).


Imagem 7
Imagem 8


Para voltar à tela de resultados da pesquisa, clique em "Voltar" (imagem 8).

Para realizar uma nova pesquisa, clique em "Nova Pesquisa" (imagem 7).

Caso sejam encontrados registros com o nome da parte pesquisada, estes serão apresentados no resultado da pesquisa, contemplando todos os feitos cujas classes estejam atribuídas natureza crime ou ambas (cível/crime) dos sistemas SAJPG, SAJSG, PJE (1G e 2G)  e SPROC. Este filtro é interno, ou seja, não é visível nas telas da CANCUN.
Os dados apresentados serão aqueles cadastrados nos sistemas de origem, daí a grande importância da correta e completa alimentação dos dados, em especial, os de identificação da parte e do histórico.
Os processos com restrição de publicidade (sigilosos e em segredo de justiça) serão apresentados destacados em vermelho e haverá uma coluna fixa no resultado da pesquisa com o tipo de restrição.
As informações sobre sentenças proferidas são extraídas do histórico de partes (SAJ) e do acompanhamento da parte (SPROC). No SAJSG e no PJE as informações sobre sentença são extraídas do processo se houver apenas uma parte passiva cadastrada. Se houver duas ou mais partes passivas o sistema apresentará a mensagem: "Este processo possui mais de uma parte passiva. Favor clicar no número do processo para visualizar os dados da parte consultada".
Os processos migrados do SPROC para o SAJ que possuem mandados de prisão cadastrados no SPROC são apresentados em duplicidade no resultado da pesquisa até que a migração dos mandados de prisão destes feitos para o SAJ seja efetivada.
Voltar ao topo

Aplicar Filtros de Pesquisa

Acima de 1.000 registros com o nome pesquisado o sistema não exibirá o resultado, sendo necessário aplicar mais filtros.
Os feitos sem dados classificados nos sistemas de origem serão considerados no resultado da pesquisa.
Para melhor funcionamento dos filtros os dados dos sistemas de origem devem estar corretos e completos.

1 - Selecione os filtros desejados (nome da parte, situação da parte, tipo da parte e filiação).

2 - Clique no botão "Pesquisar".


Imagem 6
O campo "Situação da Parte" possibilita aplicar filtros para quatro situações: ATIVA, BAIXADA, EXCLUÍDA e SUSPENSA, com base nas terminologias utilizadas nos sistemas consultados. A  Situação da parte "TODOS" é o padrão. Ao se aplicar a situação "EXCLUÍDA" o sistema trará no resultado da pesquisa as partes inativas do sistema PJE.
Imagem 9
O campo "Tipo da Parte" refere-se ao pólo de participação no processo. É possível aplicar filtros para três situações: ATIVA, PASSIVA e OUTRAS, com base nas terminologias utilizadas pelos sistemas que serão consultados. O  Tipo da parte  "PASSIVA" é o padrão. Ao se  aplicar o filtro “OUTRAS” o sistema contemplará outros sujeitos do processo como terceiro, testemunha, advogado e representante legal.
Imagem 10

3 - Para selecionar outros filtros, selecione a opção "Mais Filtros".

4 - Selecione os filtros desejados (instância, comarca, primeira contribuição em) e clique em "Pesquisar".


Imagem 11
Mais filtros  poderão ser aplicados para refinar a pesquisa e estarão disponíveis de acordo com a política de acesso do sistema.
No filtro Instância, o valor "TODOS" é o padrão.  Os feitos das turmas recursais serão considerados no filtro 2ª instância.
Imagem 12
No filtro "Comarca", o padrão da pesquisa é considerar todas as comarcas. Ao aplicar o filtro Comarca Fortaleza, a aplicação contempla órgãos julgadores do Fórum Clóvis Beviláqua, Juizado da Violência Doméstica Contra a Mulher e Juizados Especiais Criminais.

5 - Digite o nome da Comarca;

6 - Clique no nome da Comarca;

7 - Clique na seta "Add" para selecionar a Comarca.


Imagem 13
Caso nenhuma comarca seja selecionada, todas as comarcas serão consideradas na pesquisa.
O filtro "Primeira Distribuição" leva em consideração a data da primeira distribuição realizada. Ele não considera as distribuições/redistribuições posteriores realizadas no intervalo pesquisado.
A data de término deve maior que a  data de início
Deve ser inserida a data de início da primeira distribuição. Caso não digite a data de término, a aplicação pesquisará até a data atual.
Imagem 14
Acima de 1.000 registros com o nome pesquisado o sistema não exibirá o resultado, sendo necessário aplicar mais filtros.
Imagem 15
Voltar ao topo

Customizar Resultado da Pesquisa

Esta funcionalidade tem por objetivo permitir que o usuário inclua novas colunas no resultado da pesquisa, a fim de facilitar a identificação da parte e a sua inclusão no relatório.

  1. Depois de realizar uma pesquisa, clique em "Configurar Colunas";
  2. Digite a descrição da informação que deseja incluir no resultado da pesquisa e clique na check box para selecionar. Caso deseje selecionar todos os itens da listas clique no check box superior;
  3. Clique em pelo menos um dos registros para navegar com a seta a direta e visualizar o dado que foi acrescentado.


Imagem 16
A lista de informações que podem ser acrescentadas ao resultado da pesquisa está em ordem alfabética.
A customização da identificação da parte fica disponível caso o sistema retorne pelo menos um registro na Pesquisa de Antecedentes Criminais.
O sistema permite a inserção de uma ou mais colunas.
As colunas nome da parte, data do nascimento, nome da mãe, situação da parte, tipo de participação, número do processo, tipos de retrição, classe processual, órgão julgador e situação do processo são fixas e não podem ser excluídas do resultado.
  1. Depois de realizar uma pesquisa, clique em "Configurar Colunas";
  2. Selecione a(s) coluna(s) desejada(s) para visualizar a informação no resultado da pesquisa;


Imagem 17
Colunas:

Documentos: Quando selecionada, apresentará todos os documentos (RG, CPF e Outros documentos) que estiverem cadastrados nos sistemas de origem .

Tipos de Restrição: A coluna "Tipos de Restrição" apresentará a restrição aplicada no sistema de origem (segredo de justiça, sigilo externo, sigilo absoluto).

Data/hora da distribuição: No SAJ o campo distribuição não é alimentado pela movimentação de distribuição, mas extraído do cadastro do processo, cuja informação fica no topo da aba "dados do processo".

Complemento da movimentação: No sistema PJE o complemento da movimentação é um campo texto do documento, por isso esta informação não é disponibilizada.

Sentença: No sistema SAJSG e PJE a sentença é vinculada ao processo e não à parte. Logo, caso haja mais de uma parte passiva cadastrada, a aplicação retornará a mensagem: "Este processo possui mais de uma parte passiva. Favor clicar no número do processo para visualizar os dados da parte consultada". A coluna “Sentença(s)”, quando for selecionada, apresentará a “Data da Sentença”, “Tipo de Sentença”, “Regime” e “Pena” de todas as sentenças cadastradas nos sistemas de origem.

Data do Óbito: No sistema SPROC não existe o campo para incluir o local da prisão.

Mandado de Prisão: Quando selecionada, apresentará as informações  “Nº mandado prisão”, “Data Mandado”, “Situação do Mandado”, "Tipo Prisão" e “Validade Mandado” dos mandados cadastrados nos sistemas de origem.

Tipo de Prisão: Nos sistemas SPROC e PJE não existe o campo para incluir o local da prisão.

Data da última prisão: início e término: No sistema PJE não existe o campo para incluir o início e o término da prisão.

Status de liberdade: Este campo é preenchido com as informações do histórico de partes e acompanhamento da parte. O sistema PJE não controla a prisão, nem possui módulo criminal.

Local da Última Prisão: Nos sistemas SPROC e PJE não existe o campo para incluir o local da prisão.
OBS: O campo observação comporta no máximo 500 caracteres. O texto inserido é gravado automaticamente e permanece durante o tempo de sessão do usuário.
Voltar ao topo

Direcionar Processo para o Sistema de Origem

Esta funcionalidade tem por objetivo direcionar para a área pública do sistema de origem do processo, a fim de possibilitar obter informações adicionais.

  1. Clique no número do processo, no resultado da pesquisa, para direcionar para a página de consulta pública do sistema judicial de origem do processo.


Imagem 18
Os sistemas judiciais têm cadastros de acesso e permissões diversas para cada usuário. Logo, não é possível apresentar os dados do processo considerando as mesmas permissões da CANCUN.
Voltar ao topo

Gerar Relatório Analítico

Esta funcionalidade tem por objetivo permitir a geração e impressão, em formato pdf, de relatório do resultado da pesquisa de antecedentes criminais.

1 - Clique no check box para selecionar a(s) parte(s) que deve(m) ser incluída(s) no relatório;

2 - Clique em Visualizar para confirmar as partes que irão constar no relatório.


Imagem 19


3 - Digite no campo "Observações" caso deseje incluir informações complementares no relatório;

4 - Clique em Relatório Analítico para gerar o arquivo em formato pdf.


Imagem 20
Imagem 21
No relatório são apresentados os parâmetros utilizados nos filtros de pesquisa
No rodapé do relatório são apresentados os sistemas pesquisados, a data e a hora da última atualização na base de dados unificadas (SCPU), o usuário da pesquisa, a data/hora da emissão do relatório.
Voltar ao topo

Relatório de "Nada Consta"

Esta funcionalidade tem por objetivo permitir a geração e impressão, em formato pdf, de relatório de NADA CONSTA, caso não seja encontrado nenhum registro com os parâmetros pesquisados.

  1. Clique em "Relatório de Nada Consta" para gerar o arquivo em formato pdf.


Imagem 22
Imagem 23
No relatório de Nada Consta são apresentadas as mesmas informações relacionadas aos parâmetros de pesquisa e ao rodapé do relatório analítico.
Voltar ao topo

Exportar Selecionadas

Esta funcionalidade permite exportar o resultado da pesquisa para 4 (quatro) diferentes formatos de arquivos (XLS, PDF, CSV, XML).

  1. Clique no formato do arquivo que deseja exportar
  2. Abra o arquivo para visualizar as informações.


Imagem 19
Estes formatos de arquivo estarão disponíveis de acordo com a política de acesso ao sistema.
Os dados (colunas) acrescentados na customização do resultado da pesquisa de antecedentes também são exportados.
Voltar ao topo

Pesquisa de Antecedentes Infracionais

Para acessar essa funcionalidade, selecione a opção "Antecedentes Infracionais" no menu "Consulta".

Imagem 24

Pesquisar Antecedentes

1 - Digite o nome da parte que deseja buscar.

2 - Clique no botão "Pesquisar".


Imagem 25

A pesquisa da parte pode ser realizada de duas formas:

  • Contém: a pesquisa será realizada considerando quaisquer dos nomes da parte digitado. Este é o filtro padrão;
  • É igual à: a pesquisa será realizada considerando o nome exato da parte digitado.
O nome da parte é de preenchimento obrigatório.
A pesquisa pelo nome da parte é livre e fonética.
A fonética aplica-se também ao nome da mãe e ao nome do pai, no caso da utilização desses filtros.

3 - Depois de realizada a pesquisa, selecione, entre os resultados, as partes que devem ser incluídas no relatório da pesquisa. Para selecionar todas as partes exibidas, clique no check box do topo da lista.

4 - Clique no botão "Visualizar" para ver os detalhes do resultado (parâmetros de pesquisa utilizados, informações de qualificação da parte, do processo e de sentença).


Imagem 26
Imagem 27


Para voltar à tela de resultados da pesquisa, clique em "Voltar" (imagem 27).

Para realizar uma nova pesquisa, clique em "Nova Pesquisa" (imagem 26).

Caso sejam encontrados registros com o nome da parte pesquisada, estes serão apresentados no resultado da pesquisa, contemplando todos os feitos cujas classes estejam atribuídas natureza infracional dos sistemas SAJPG, SAJSG, PJE (1G e 2G) e SPROC. Este filtro é interno, ou seja, não é visível nas telas da CANCUN.
Os dados apresentados serão aqueles cadastrados nos sistemas de origem, daí a grande importância da correta e completa alimentação dos dados, em especial, os de identificação da parte e do histórico.
Os processos com restrição de publicidade (sigilosos e em segredo de justiça) serão apresentados destacados em vermelho e haverá uma coluna fixa no resultado da pesquisa com o tipo de restrição
As informações sobre sentenças proferidas são extraídas do histórico de partes (SAJ) e do acompanhamento da parte (SPROC). No SAJSG e no PJE as informações sobre sentença são extraídas do processo se houver apenas uma parte passiva cadastrada. Se houver duas ou mais partes passivas o sistema apresentará a mensagem: "Este processo possui mais de uma parte passiva. Favor clicar no número do processo para visualizar os dados da parte consultada".
Voltar ao topo

Aplicar Filtros de Pesquisa

Acima de 1.000 registros com o nome pesquisado o sistema não exibirá o resultado, sendo necessário aplicar mais filtros.
Os feitos sem dados classificados nos sistemas de origem serão considerados no resultado da pesquisa.
Para melhor funcionamento dos filtros os dados dos sistemas de origem devem estar corretos e completos.

1 - Selecione os filtros desejados (nome da parte, situação da parte, tipo da parte e filiação).

2 - Clique no botão "Pesquisar".

Imagem 25
Mais filtros poderão ser aplicados para refinar a pesquisa e estarão disponíveis de acordo com a política de acesso do sistema.
O campo "Situação da Parte" possibilita aplicar filtros para quatro situações: ATIVA, BAIXADA, EXCLUÍDA e SUSPENSA, com base nas terminologias utilizadas nos sistemas consultados. A  Situação da parte "TODOS" é o padrão. Ao se aplicar a situação "EXCLUÍDA" o sistema trará no resultado da pesquisa as partes inativas do sistema PJE.
Imagem 9
O campo "Tipo da Parte" refere-se ao pólo de participação no processo. É possível aplicar filtros para três situações: ATIVA, PASSIVA e OUTRAS, com base nas terminologias utilizadas pelos sistemas que serão consultados. O  Tipo da parte  "PASSIVA" é o padrão. Ao se  aplicar o filtro “OUTRAS” o sistema contemplará outros sujeitos do processo como terceiro, testemunha, advogado e representante legal.
Imagem 10

3 - Para selecionar outros filtros, selecione a opção "Mais Filtros".

4 - Selecione os filtros desejados (instância, comarca, primeira contribuição em) e clique em "Pesquisar".


Imagem 28
Mais filtros  poderão ser aplicados para refinar a pesquisa e estarão disponíveis de acordo com a política de acesso do sistema.
No filtro Instância, o valor "TODOS" é o padrão.  Os feitos das turmas recursais serão considerados no filtro 2ª instância.
Imagem 12
No filtro "Comarca", o padrão da pesquisa é considerar todas as comarcas. Ao aplicar o filtro Comarca Fortaleza, a aplicação contempla órgãos julgadores do Fórum Clóvis Beviláqua, Juizado da Violência Doméstica Contra a Mulher e Juizados Especiais Criminais.
  1. Digite o nome da Comarca;
  2. Clique no nome da Comarca;
  3. Clique na seta "Add" para selecionar a Comarca.


Imagem 13
Caso nenhuma comarca seja selecionada, todas as comarcas serão consideradas na pesquisa.
Deve ser inserida a data de início da primeira distribuição. Caso não digite a data de término, a aplicação pesquisará até a data atual.
A data de término deve ser maior que a  data de início
Deve ser inserida a data de início da primeira distribuição. Caso não digite a data de término, a aplicação pesquisará até a data atual.
Imagem 14
Acima de 1.000 registros com o nome pesquisado o sistema não exibirá o resultado, sendo necessário aplicar mais filtros.
Imagem 15
Voltar ao topo

Customizar Resultado da Pesquisa

Esta funcionalidade tem por objetivo permitir que o usuário inclua novas colunas no resultado da pesquisa, a fim de facilitar a identificação da parte e a sua inclusão no relatório.

  1. Depois de realizar uma pesquisa, clique em "Configurar Colunas";
  2. Digite a descrição da informação que deseja incluir no resultado da pesquisa e clique na check box para selecionar. Caso deseje selecionar todos os itens da listas clique no check box superior;
  3. Clique em pelo menos um dos registros para navegar com a seta a direta e visualizar o dado que foi acrescentado.


Imagem 29
A lista de informações que podem ser acrescentadas ao resultado da pesquisa está em ordem alfabética.
A customização da identificação da parte fica disponível caso o sistema retorne pelo menos um registro na Pesquisa de Antecedentes Infracionais
O sistema permite a inserção de uma ou mais colunas.
As colunas nome da parte, data do nascimento, nome da mãe, situação da parte, tipo de participação, número do processo, tipos de retrição, classe processual, órgão julgador e situação do processo são fixas e não podem ser excluídas do resultado.
O campo observação comporta no máximo 500 caracteres. O texto inserido é gravado automaticamente e permanece durante o tempo de sessão do usuário.
Colunas:

Documentos: Quando selecionada, apresentará todos os documentos (RG, CPF e Outros documentos) que estiverem cadastrados nos sistemas de origem .

Tipos de Restrição: A coluna "Tipos de Restrição" apresentará a restrição aplicada no sistema de origem (segredo de justiça, sigilo externo, sigilo absoluto).

Data/hora da distribuição: No SAJ o campo distribuição não é alimentado pela movimentação de distribuição, mas extraído do cadastro do processo, cuja informação fica no topo da aba "dados do processo".

Complemento da movimentação: No sistema PJE o complemento da movimentação é um campo texto do documento, por isso esta informação não é disponibilizada.

Sentença: No sistema SAJSG e PJE a sentença é vinculada ao processo e não à parte. Logo, caso haja mais de uma parte passiva cadastrada, a aplicação retornará a mensagem: "Este processo possui mais de uma parte passiva. Favor clicar no número do processo para visualizar os dados da parte consultada". No sistema SAJPG a coluna “Sentença(s)”, quando for selecionada, apresentará no os dados que estiverem cadastrados no histórico de partes. No sistema SAJSG e PJE a sentença é vinculada ao processo e não a parte. Logo, caso tenha mais de uma parte passiva cadastrada, a aplicação retornará a mensagem: Este processo possui mais de uma parte passiva. Favor clicar no número do processo para visualizar os dados da parte consultada.

Data do Óbito: No sistema SPROC não existe o campo para preenchimento da data do óbito.

Tipo de Internação: Nos sistemas SPROC e PJE não existe o campo para incuir o local da apreensão.

Data da última Internação - início e término: No sistema PJE não existe o campo para incluir o inicío e o término da internação.

Status de liberdade: Este campo é preenchido com as informações do histórico de partes e acompanhamento da parte. O sistema PJE não controla a prisão, nem possui módulo criminal.

Local da última Internação: Nos sistemas SPROC e PJE não existe o campo para incluir o local da internação.


  1. Depois de realizar uma pesquisa, clique em "Configurar Colunas";
  2. Selecione a(s) coluna(s) desejada(s) para visualizar a informação no resultado da pesquisa;
  3. Clique no botão Visualizar para verificar os dados do(s) processo(s) da(s) parte(s) selecionada(s).


Imagem 30
Voltar ao topo

Direcionar Processo para o Sistema de Origem

Esta funcionalidade tem por objetivo direcionar para a área pública do sistema de origem do processo, a fim de possibilitar obter informações adicionais.

  1. Clique no número do processo, no resultado da pesquisa, para direcionar para a página de consulta pública do sistema judicial de origem do processo.


Imagem 31
Os sistemas judiciais têm cadastros de acesso e permissões diversas para cada usuário. Logo, não é possível apresentar os dados do processo considerando as mesmas permissões da CANCUN.
Voltar ao topo

Gerar Relatório Analíico

Esta funcionalidade tem por objetivo permitir a geração e impressão, em formato pdf, de relatório do resultado da pesquisa de antecedentes infracionais.

1 - Clique no check box para selecionar a(s) parte(s) que deve(m) ser incluída(s) no relatório;

2 - Clique em Visualizar para confirmar as partes que irão constar no relatório.


Imagem 32


3 - Digite no campo "Observações", destacado na imagem 33, caso deseje incluir informações complementares no relatório;

4 - Clique em Relatório Analítico, destacado na imagem 33, para gerar o arquivo em formato pdf.


Imagem 33
Imagem 34
No relatório são apresentados os parâmetros utilizados nos filtros de pesquisa
No rodapé do relatório são apresentados os sistemas pesquisados, a data e a hora da última atualização na base de dados unificadas (SCPU), o usuário da pesquisa, a data/hora da emissão do relatório.
Voltar ao topo

Relatório de "Nada Consta"

Esta funcionalidade tem por objetivo permitir a geração e impressão, em formato pdf, de relatório de NADA CONSTA, caso não seja encontrado nenhum registro com os parâmetros pesquisados.

  1. Clique em "Relatório de Nada Consta" para gerar o arquivo em formato pdf.


Imagem 35
Imagem 36
No relatório de Nada Consta são apresentadas as mesmas informações relacionadas aos parâmetros de pesquisa e ao rodapé do relatório analítico.
Voltar ao topo

Exportar Selecionadas

Esta funcionalidade permite exportar o resultado da pesquisa para 4 (quatro) diferentes formatos de arquivos (XLS, PDF, CSV, XML).

  1. Clique no formato do arquivo que deseja exportar
  2. Abra o arquivo para visualizar as informações.


Imagem 32
Estes formatos de arquivo estarão disponíveis de acordo com a política de acesso ao sistema.
Os dados (colunas) acrescentados na customização do resultado da pesquisa de antecedentes também são exportados.
Voltar ao topo

Administração

Processamento de Dados

Esta funcionalidade tem como objetivo realizar o acompanhamento das rotinas de Processamento de dados do SCPU/CANCUN.

Ao acessá-la, o usuário deve fazer login no SCPU.


Imagem 37
Através da aplicação dos filtros "Sistema" e/ou "Período", a pesquisa retornará a quantidade de registros Processados Com Sucesso e a quantidade de registros Processados com Falha.
Imagem 38
Esta funcionalidade será para uso exclusivo dos Analistas de Negócio da SETIN.
O resultado da pesquisa poderá ser Exportado para os formatos: XLS e PDF.
Imagem 39
Voltar ao topo

Tabelas DE/PARA

Esta funcionalidade tem como objetivo permitir a classifição e consulta (com aplicação de filtros) dos dados das tabelas de De/Para.

As tabelas foram implementadas no importador do Sistema de Consultas de Processos Unificada (SCPU).
Imagem 40
Voltar ao topo

Auditoria

Esta funcionalidade tem como objetivo realizar consultas de auditoria de usuários internos e externos do sistema CANCUN. As pesquisas podem ser realizadas utilizando filtros combinados entre si para tornar o resultado mais específico.

  1. Digite os dados nome da parte e/ou usuário da pesquisa;
  2. Selecione outros filtros desejados (tipo de usuário, funcionalidade, período);
  3. Clique em "Pesquisar".


Imagem 41


Clique em, pelo menos, um dos registros para navegar com a seta a direta e visualizar os dados da grid de resultados relacionados ao usuário, aos filtros utilizados e aos sistemas pesquisados.


Imagem 42


Também é possível exportar o resultado da pesquisa para 2 (dois) diferentes formatos de arquivo (XLS e PDF).

  1. Clique no ícone do formato do arquivo que deseja exportar (imagem 42);
  2. Abra o arquivo para visualizar as informações (imagem 43).


Imagem 43
Voltar ao topo

Glossário

O escopo do glossário contempla, de um modo geral, definições de termos utilizados no CANCUN para melhorar a compreensão dos usuários e/ou desenvolvedores do sistema.

Glossário
Situação da Parte Corresponde a situação da parte (suspensa, baixada, ativa, inativa, excluída etc) no processo
Status de Liberdade Informação se réu está preso ou o adolescente infrator apreendido.
Tipificação É o artigo da lei referente ao delito que a parte cometeu

Ex: Art. 121 do Código Penal

Tipo da parte Corresponde ao pólo do sujeito na relação processual. O pólo passivo é a situação de quem responde à ação e o pólo ativo é a situação de quem ingressa com a ação. O tipo "outros" corresponde a outros sujeitos do processo, como terceiro, vítima, testemunha, advogado e representante legal.
Tipos de Restrição Informação se o processo possui algum nível de restrição de publicidade.
Tipo Prisão - Evento Informação de prisão lançada no acompanhamento da parte (SPROC) ou histórico de parte (SAJ).
Tipo Internação - Evento Informação de apreensão do adolescente lançada no acompanhamento da parte (SPROC) ou histórico de parte (SAJ).
Voltar ao topo